Vinte obras de 20 artistas locais assinalam efeméride

/Vinte obras de 20 artistas locais assinalam efeméride

Vinte obras de 20 artistas locais assinalam efeméride

O Clube Militar de Macau vai exibir 20 obras de 20 artistas da região, um número simbólico para assinalar as duas décadas da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), disse à Lusa o curador da exposição.

No “Salão dos Artistas de Macau”, a terceira exposição do ciclo ‘Pontes de Encontro’, apresentam-se a partir de sexta-feira obras de “grande dimensão” criadas especialmente para assinalar a efeméride, explicou José Isaac Duarte.

“Tendo em conta que são os 20 anos, por uma razão simbólica reduziu-se o convite a 20 artistas, que foram desafiados a fazer um quadro especificamente para esta exposição”, explicou. No ano passado, a mostra reuniu 36 artistas locais.

Macau esteve sob administração portuguesa até 20 de dezembro de 1999, quando foi integrada na China com o estatuto de região administrativa especial, que manterá até 2049.

Ainda que os 20 anos sejam o ‘pano de fundo’, os artistas tiveram “total liberdade para escolherem os temas, as abordagens e a estética utilizada”, disse o curador, antecipando uma “exposição interessante, com obras impactantes, desde logo pela dimensão”.

A exposição vai estar patente no Salão Comendador Ho Yin até 06 de janeiro e faz parte do ciclo “Pontes de Encontro-2019”, organizado pelo Clube Militar de Macau, que se estreou este ano com uma mostra do artista plástico português Vítor Pomar, então integrada nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas.

Fonte: Lusa

Por | 2019-11-28T09:35:59+00:00 28 de Novembro de 2019|Categorias: Arte, Cultura||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário