Mais de 120 especialistas debatem Timor-Leste em colóquio internacional ‘online’

/Mais de 120 especialistas debatem Timor-Leste em colóquio internacional ‘online’
'; } ?>

Mais de 120 especialistas debatem Timor-Leste em colóquio internacional ‘online’

Especialistas de vários países participam a partir de hoje e durante toda a semana num colóquio internacional ‘online’ dedicado a Timor-Leste, em que se analisarão temas tão diversos como educação, língua, economia, ambiente e política, entre outros.

 Organizado pela secção portuguesa da Timor-Leste Studies Association e a decorrer sob o tema de “Timor-Leste: a ilha e o Mundo”, o colóquio foi organizado com apoio do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, da Associação Ibero-Americana de Estudos do Sudeste Asiático e da Universidade Aberta.

A iniciativa envolve ainda várias instituições timorenses, incluindo a Universidade Nacional Timor Lorosa’e (UNTL), o Centro Cultural Português na Embaixada de Portugal em Díli, o Centro Nacional Chega!, o Human Rights Centre (UNTL) e a Fundação Oriente

Com mais de 120 investigadores participantes, o colóquio dará especial atenção, segundo os organizadores, ao conhecimento produzido no âmbito das Ciências Sociais e das Humanidades, incluindo História, Antropologia, Sociologia, Geografia, Psicologia, Ciência Política, Estudos de Género e outros.

Há participantes inscritos de vários países e, em Timor-Leste, as sessões ‘online’ são transmitidas em direto em Díli, em vários locais.

Entre os oradores principais das sessões plenárias contam-se o ex-Presidente de Timor-Leste e Nobel da Paz José Ramos-Horta, a escritora portuguesa Joana Ruas, o escritor timorense Luís Cardoso e a professora Teresa Sousa de Almeida.

Haverá apresentações em português, inglês e tétum com especialistas da Austrália, Brasil, Canadá, EUA, França, Holanda, Indonésia, Japão, Portugal, Reino Unido e Timor-Leste, divididos em 16 painéis, dedicados a vários temas.

O colóquio tem ainda previstos o lançamento de livros e duas exposições, incluindo da artista timorense Maria Madeira.

A sessão de abertura decorre hoje às 16:00, hora de Díli (08:00 em Lisboa)

Fonte: Lusa

Por | 2020-09-07T04:44:16+00:00 7 de Setembro de 2020|Categorias: Sociedade||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário