Angola: Bienal da CPLP antecipada para este mês

/Angola: Bienal da CPLP antecipada para este mês

Angola: Bienal da CPLP antecipada para este mês

A 9ª edição da Bienal de Jovens Criadores da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), inicialmente prevista para Julho, realiza-se entre os dias 24 a 28 deste mês, na capital angolana (Luanda), com a participação de 200 jovens, na ordem de 20 por cada país.

O evento será preenchido com actividades nas áreas de artes visuais (escultura, pintura, fotografia, desenho gravura, grafite e artes digitais), artes e perfomativas (música, dança, teatro, intervenções urbanas), artes aplicadas (moda e jóias), literatura (prosa e poesia) e áudiovisual (curtas e médias, longas e médias metragens, documentários e ficção).

O Museu de História Militar vai albergar as áreas expositivas, com 27 tendas distribuídas ao longo do corredor, com espaços para moda, jóias, música, literatura, dentre outros serviços.

A equipa responsável pela organização e de cobertura jornalística terá uma área denominada de “Posto de Comando”, com duas tendas de três metros quadrados.

A entrada da Bienal será preparada com dois painéis informativos, sendo que toda zona de exposição terá a iluminação acautelada, além de dísticos de identificação dos países.

A bienal é um espaço de diálogo e intercâmbio multicultural e artístico entre jovens e que se realiza de dois em dois num dos países membro da organização.

Paralelamente à amostra, decorrerá o Fórum da Juventude da CPLP, a reunião dos directores gerais da juventude e do desporto, assim como a II Conferência de Ministros da Juventude e Desportos.

Os dados foram avançados esta quinta-feira, pelo Director Nacional da Juventude, Kikas Machado, durante uma reunião com os embaixadores da CPLP acreditados em Angola.

Por sua vez, a ministra da Juventude e Desportos, Ana Paula Sacramento, que presidiu a reunião, considerou imperioso o envolvimento do diálogo ao mais alto nível das representações das embaixadas, de forma a anular qualquer obstáculo e garantir a comodidade dos estrangeiros.

O embaixador brasileiro, Paulino de Carvalho Neto, que reiterou a participação da representação brasileira, felicitou a organização angolana, por encetar o diálogo com os representantes diplomáticos da CPLP para explicar e facilitar todo procedimento para acolher os participantes.

A CPLP é constituída por Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor Leste e Guiné Equatorial.

Fonte: Angop

Por | 2019-06-14T07:22:28+00:00 14 de Junho de 2019|Categorias: Arte, Cultura||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário