Cooperação Portuguesa atribui bolsas a universitários angolanos para estudarem em Portugal

/Cooperação Portuguesa atribui bolsas a universitários angolanos para estudarem em Portugal

Cooperação Portuguesa atribui bolsas a universitários angolanos para estudarem em Portugal

O Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, vai atribuir nove bolsas de estudo a cidadãos angolanos para frequência de cursos de licenciatura em Portugal para o ano letivo de 2020/2021.

As áreas de formação prioritárias são Agronomia, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Medicina e Turismo e os candidatos não poderão ter mais do que 22 anos, sendo a classificação mínima de acesso 14 valores no ensino secundário.

As candidaturas devem ser submetidas através do portal do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) até ao dia 10 de agosto de 2020.

Os candidatos admitidos realizarão uma entrevista, por videoconferência, nos dias 13 e 14 de agosto.

Os requisitos para a atribuição da bolsa de estudo, assim como a documentação necessária para instrução de candidatura, encontram-se disponíveis no portal.

O Programa de Bolsas de Estudo em Portugal concedidas a cidadãos angolanos contempla um contingente de 21 bolsas de estudo de Licenciatura, três de Mestrado e duas de Doutoramento, num total de 26 bolsas

As vagas previstas resultam da conclusão da formação de outros estudantes, não-preenchimento de vagas ou desistências.

Fonte: Lusa

Por | 2020-08-06T10:38:37+00:00 6 de Agosto de 2020|Categorias: Educação|, |0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário