Escritores João Furtado e Carlos Cardoso lançam “Rota Poética ao Sul – São Tomé e Príncipe”

/Escritores João Furtado e Carlos Cardoso lançam “Rota Poética ao Sul – São Tomé e Príncipe”

Escritores João Furtado e Carlos Cardoso lançam “Rota Poética ao Sul – São Tomé e Príncipe”

Rota Poética ao Sul – São Tomé e Príncipe” é o título da nova obra literária dos escritores João Furtado e Carlos Cardoso, dois filhos de cabo-verdianos nascidos em São Tomé e Príncipe.

O livro, que já foi dado à estampa em São Tomé e Príncipe, vai ser lançado no dia 27 de Julho em Lisboa (Portugal), e, segundo o escritor João Furtado, em declarações à Inforpress, nessa rota os leitores encontram um pouco de tudo, desde arte, amor, vida, dedicação e até história do dia-a-dia que se vive em São Tomé de forma poética.

“Rota Poética ao Sul – São Tomé e Príncipe”, ajuntou, é uma rota conhecida, pois é a rota dos seus pais e tem como pano de fundo Cabo Verde e Santo Tomé e Príncipe.

São 263 páginas, com 255 poemas inéditos e, segundo informou, está incluído nesta obra alguns poemas “muito especiais”, entre os quais, “Cabo Verde no Feminino”.

João Furtado explicou que a ideia de fazer este dueto, que é o seu 11.º livro, surgiu através de uma conversa com Carlos Cardoso, que reside em Roterdão (Holanda), sendo que ambos já têm uma larga experiência em escrever em dueto.

“Escrevermos e a cerca de um ano nasceu este livro. Ele já tinha esta experiência, pois, estava a publicar um dueto. Eu também, pois tinha um romance de dois volumes escrito em dueto, também tenho outros trabalhos em parceria e “Abraço Cabo Verde Galiza” é um bom exemplo”, apontou.

João Pereira Correia Furtado, nasceu na ilha do Príncipe em 29 de Novembro de 1958.  Viveu neste país até aos 25 anos quando tomou rumo para Cabo Verde, onde viveu até aos 60 anos no bairro de Lém Ferreira, na cidade da Praia. Há dois anos, João Furtado fixou residência no estado de Massachusetts, nos Estados Unidos de América.

Foi com “A Árvore de fruta-pão e outros Contos” que se estreou como escritor, seguindo-se outras obras e várias participações em antologias e duetos com outros escritores.

Por publicar tem “O Estranho Barulho” que chega “brevemente” e será um livro de contos, “Abraço Cabo Verde Brazil”, um dueto com Luís Oliveira de Salvador da Bahia do Brasil, “O Auto Recluso”, dueto com Esmael Teixeira da ilha do Fogo.

Já o escritor Carlos Cardoso nasceu em São Tomé e Príncipe em 1974. Seu gosto pela escrita começou na adolescência, época em que escrevia cartas de amor para as suas apaixonadas.  Reside na cidade de Roterdão na Holanda, junto com a sua esposa e os seus quatro filhos. Formou-se como técnico de manutenção de máquinas industriais e é operador dos processos de produção.

Nos seus tempos livres, lê, escreve, dança, pratica desportos e é DJ. Também faz manutenção de imóveis. Considera-se um homem de mil ofícios, um autêntico amante da vida. “Poesia para Todos” foi a sua primeira obra literária.

Fonte: Inforpress

Por | 2019-07-09T07:42:21+00:00 9 de Julho de 2019|Categorias: Cultura|, |0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário