Exposição em Macau reflete três décadas de intercâmbio entre artistas portugueses e da região

/Exposição em Macau reflete três décadas de intercâmbio entre artistas portugueses e da região

Exposição em Macau reflete três décadas de intercâmbio entre artistas portugueses e da região

 Museu de Arte de Macau (MAM) acolhe, a partir de sábado, uma exposição que reflete três décadas de intercâmbio entre dezenas de artistas chineses, macaenses e portugueses, anunciou esta quinta-feira, a organização.

A exposição “Poesia Lírica – Trabalhos de Artistas de Macau e Portugal” reúne 90 obras de mais de 60 artistas “chineses, macaenses e portugueses que se estabeleceram ou exibiram em Macau” desde a década de 1980, indiciou o MAM, em comunicado.

Entre pinturas a óleo, esculturas e instalações, contam-se obras de Júlio Pomar, Vieira da Silva, Bartolomeu dos Santos, Luís Demée, Carlos Marreiros, Mio Pang Fei, Kwok Woon, Manuel Cargaleiro, José de Guimarães, entre outros.

Subordinada a seis temas, a mostra pretende envolver o público numa “viagem poética de intercâmbio”, tendo como pano de fundo o “ambiente de interpenetração mútua entre as culturas chinesa e portuguesa”.

A exposição, patente até 04 de novembro, insere-se em dois eventos de maior dimensão: o “Arte Macau” – que se estende até outubro – e 2.º Encontro em Macau – Festival de Artes e Cultura entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Por | 2019-07-12T04:31:53+00:00 12 de Julho de 2019|Categorias: Cultura||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário