Franco realiza 5ª edição do Punhos no ar

/Franco realiza 5ª edição do Punhos no ar

Franco realiza 5ª edição do Punhos no ar

No próximo sábado, entre 17h e 20h30 (hora local), o Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM) irá apresentar a quinta edição do Festival Nacional de Hip-Hop, “Punhos no Ar” (FNH2PA), no Facebook e YouTube.

Resultante de parceria entre o Centro Cultural Franco Moçambicano, o Café Bar Gil Vicente e a Nexta Vida Entertainment, já em 2016, “Punhos no Ar” é um evento centrado na valorização do Hip-Hop Moçambicano, além de promover um encontro de várias províncias, permitindo assim um importante intercâmbio entre os amantes e praticantes da área e o aprofundamento dos laços que unem os fazedores da cultura Hip-Hop no nosso país, segundo o CCFM.

“Na impossibilidade de, este ano, realizarmos mais uma edição com a presença física dos artistas e do público, devido à crise de saúde pública actual, com o perigo da propagação da pandemia de Covid-19 e da tomada de medidas restritivas na realização de actividades públicas, o Festival de Hip Hop “Punhos no Ar” deste ano acontecerá online, continuando a promover o seu principal objectivo: Exaltação do Hip-Hop Nacional, para tal vai reunir no mesmo palco artistas do Sul (Maputo e Matola), Centro (Beira e Chimoio) e Norte do País (Nampula)”, lê-se no comunicado do Franco.

A 5ª edição do festival acontece com apoio da Pernord Ricard Mocambique, Mac Creative Lines, TV Cabo, Água da Namaacha, Markas de Hip-Hop, MX Records, Geração Hip-Hop, Radiação Hip-Hop e Bomba Music.

“Da música passando pelo expo-beatz de produtores também do Sul (Maputo, Xai-Xai), Centro (Beira, Chimoio, Tete) e Norte (Nampula e Pemba) do país, este evento vai entrar nas nossas casas com o maior e único propósito: celebração do Hip-hop Nacional”, realça o CCFM.

Os setes concertos consecutivos com a duração de cerca de 30 minutos, no sábado, irão contar com  Kay Real, Jazz P, Flash Enccy (Matola), Stinky & Skhokho (Maputo), Igrego (Chimoio), Duplo V (Beira) e Colt Blame (Nampula).

Fonte: O País

 

Por | 2020-08-06T11:28:45+00:00 6 de Agosto de 2020|Categorias: Cultura||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário