Músico sul-africano Jeff Maluleke actua em Maputo

/Músico sul-africano Jeff Maluleke actua em Maputo

Músico sul-africano Jeff Maluleke actua em Maputo

O cantor, compositor e guitarrista sul-africano Jeff Maluleke está em Moçambique desde segunda-feira. Para além de rever os amigos e de fazer uma data de coisas, o artista vai realizar um concerto na sexta-feira (12), às 19h00, no Arriégua English Bar, interior do Hotel Terminus, em Maputo.

Enquadrado no conceito “Only Jazz Without Stress”, do jovem produtor Ginho Sibia – que quase todos os fins-de-semana exibe a melhor nata nacional e da diáspora que pratica o jazz e suas variantes – tornou-se um espaço de eleição que reúne os amantes de boa música para aquela necessária descontração de fim de semana e troca de experiências.

Esta sexta-feira não vai ser diferente, a presença de Maluleke – muito aplaudido em Moçambique – é disso prova. O artista que se vai unir a instrumentistas moçambicanos, cujo os nomes não preferiu revelar, promete uma noite singular, onde vai passear pelos seus quatro álbuns, retirando o melhor da sua música. Não vão faltar – garante o guitarrista – os grandes sucessos.

Durante noventa minutos, êxitos como “Byala bya xintu”, “Sala”, “Juliana”, “Vukati” e “Kilimanjaro” vão saborear a noite e, claro, tirar o stress da semana laboral.

É caso para dizer que será um momento imperdível, num ambiente íntimo e acolhedor.

Sobre o artista

Jeff Maluleke é um cantor, compositor e guitarrista sul-africano contemporâneo. Ele nasceu e foi criado na África do Sul, Bushbuckridge, no coração da província de Mpumalanga, na região norte do país. Dizem que ele teve um interesse precoce pela música.

Quando completou seus estudos na sua terra natal, mudou-se para Joanesburgo, onde frequentou um curso de engenharia na Primitive Studios. Durante o curso, ele conheceu o Dr. Victor, que o contratou como corrista dos Rasta Rebels.

Jeff foi então convidado para compor uma faixa com o Dr. Victor e juntos vieram com “I Miss Your Love”, que foi lançado no álbum “One Goal, One Wish”.

Sua carreira musical começou em 1995, quando ele se aproximou da gravadora do CCP com uma demo de quatro faixas. Desde então, ele lançou muitos álbuns notáveis, como Juliana (1998), Kilimanjaro (2000), Mambo (2002) e o último álbum Ndzilo (2007), que significa ‘fogo’.

 

* Elcídio Bila – Jornalista Cultural em vários órgãos de Comunicação Social. Criativo. Editor de livros. Activista Cultural.

Por | 2019-07-11T06:45:09+00:00 11 de Julho de 2019|Categorias: Cultura||0 Comentários

Sobre o autor:

Somos
Multiplataforma de comunicação numa mesma língua que junta contadores de estórias de Macau, da China e de todos os espaços do universo lusófono.

Deixe um comentário